2019 cá dentro e lá fora

O passo em frente, o pontapé no estaminé. A deputada surpresa, o assessor do pequeno partido e a saia que explodiu nas redes sociais. Uma fotografia que simboliza também a fragmentação do parlamento português após as eleições legislativas de 2019 Foto Nuno Botelho/Expresso

Os cães ladram, a caravana pára. André Silva aqui retratado durante a campanha eleitoral, saiu das urnas com apoio reforçado dos portugueses. O Partido das Pessoas, Animais e Natureza (PAN) tem agora quatro deputados na Assembleia da República Foto Pedro Nunes/Expresso

Boris Rock and Roll. Parece que está num concerto, só que não. A fotografia é de 18 de novembro numa conferência em Londres sobre negócios e economia, mas resume na perfeição a trajetória ascendente de Boris Johnson em 2019. No início de dezembro o partido Conservador venceu as eleições no Reino Unido por uma larga distância Foto Simon Dawson/Reuters

Adeus, Theresa. Palavras para quê? Amargura e tristeza são bem visíveis no rosto de Theresa May, no momento de anunciar a demissão do cargo de primeira-ministra. Seguramente um dos momentos políticos mais intensos do Brexit e de 2019 Foto Toby Melville/Reuters

Ligações perigosas. No fim de junho, mesmo a meio de 2019, Donald Trump marcou encontro com o líder norte-coreano Kim Jong Un na fronteira que separa o sul do norte da Coreia. A tensão nuclear atravessou todo o ano e nada indica que tenha fim à vista Foto Kevin Lamarque/Reuters

O cenário era romântico, as personagens pareciam saídas de um filme, o guião seria jovem galã seduz uma dama de certa idade, só que na vida real estamos em Biarritz, no encontro da cúpula do G7, e o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, cumprimenta cordialmente Melania Trump. Caso para dizer que as aparências iludem Foto Carlos Barria/Reuters

Política e praia não rimam. Uma fotografia que diz tudo: cumprir o dever de ir às urnas ou o prazer de ir à praia? Quando as eleições acontecem em dias quentes e a abstenção atinge máximos históricos, a conclusão é fácil. Aqui o PSD ainda andava em campanha para as Europeias, mas o resultado já se conseguia (pre)ver Foto Rui Duarte Silva/Expresso

Rir, antes de chorar. Num agradável passeio junto à ria Formosa, no Algarve, o sorriso rasgado de Jerónimo de Sousa durante a campanha pela CDU para as eleições legislativas. Uma pose descontraída e segura só possível antes da ida às urnas. Depois, foi toda outra conversa Foto Ana Baião/Expresso

O beijo da História. A 9 de Novembro de 1989 o Muro de Berlim começava a ser derrubado. Trinta anos depois, o que sobra do cimento que dividiu uma cidade e um povo é cenário de selfies e retratos que simbolizam sobretudo a liberdade. Berlim é hoje a cidade sem fronteiras, de todos e para todos Foto Nuno Botelho/Expresso

O beijo da paz. Aconteceu no início de fevereiro de 2019 e explodiu nas redes sociais. O beijo entre o Papa Francisco e o imã al-Azhar Sheikh Ahmed al-Tayeb aconteceu depois de terem assinado um documento que firma o comprometimento de ambos na luta contra os extremismos e fanatismos religiosos. Vindo dos representantes máximos das maiores religiões no mundo, é uma luz na escuridão Foto Tony Gentile/Reuters

O carinho antes do adeus. O antigo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deixou saudades na política internacional. Bem se vê no rosto da chanceler alemã Angela Marker que se despede carinhosamente de Obama em Berlim, a 5 de abril Foto Hannibal Hanschke/Reuters

Quem anda à chuva, molha-se. O interrogatório de José Sócrates marca a parte final de 2019. Foram mais de 20 horas em 4 dias de depoimentos no Tribunal Central de Instrução Criminal em Lisboa Foto Tiago Miranda/Expresso

O dia em que um idoso tirou António Costa do sério. A fotografia apanha o segundo exatamente posterior ao momento em que o número 1 do Partido Socialista quase esmurrou a cara de um senhor (maior de 65 anos) que o acusou de estar de férias na altura dos incêndios de 2017. Costa ficou tenso e mal-disposto, mas a campanha eleitoral arrebitou quando estava mesmo a acabar Foto Tiago Miranda/Expresso

“Sou comando. Vou sair daqui de pé”. Em junho, Aliu Camará, sofreu uma dupla amputação após um acidente na República Centro-Africana. Aos 23 anos, o militar que cresceu num bairro social da Amadora, garantiu ao Expresso que vai voltar ao regimento — a andar Foto Tiago Miranda/Expresso

A maior crise humanitária do mundo no corpo de uma criança. Fatima Ibrahim Hadi tem 12 anos e pesa apenas 10kg. Internada em fevereiro numa clínica em Aslam, simboliza a maior crise humanitária do mundo, sofre de mal-nutrição e é vítima de um conflito que já sacrificou o futuro de milhares de crianças Foto Khaled Abdullah/Reuters

Uma tempestade sem precedentes. O Furacão Dorian atingiu em cheio as Bahamas em setembro, causando dezenas de mortos. A destruição - bem visível nesta imagem - atingiu níveis sem precedentes no país insular Foto Marco Bello/Reuters

Contágio amarelo. O movimento dos coletes amarelos começou nos últimos meses de 2018, mas os grandes protestos aconteceram este ano. Paris, entre outras cidades francesas, viveram fins-de-semana de enorme tensão, com conflitos muito violentos entre manifestantes e forças de segurança. O colete tornou-se símbolo do movimento Foto Benoit Tessier/Reuters

Amazónia em alerta vermelho. Indígenas da tribo Mura no meio do nada, numa zona de floresta vítima de desmatamento. 2019 foi o ano em que o abate de árvores na Amazónia atingiu números que podem causar danos irreversíveis na região Foto Ueslei Marcelino/Reuters

Crise na Venezuela. A fotografia é de 23 de fevereiro e foi tirada na fronteira entre Venezuela e Colômbia. Revela em toda a sua intensidade o conflito entre os apoiantes das forças de oposição e as forças de segurança do regime venezuelano. Nicolás Maduro chegou ao segundo mandato com uma forte crise económica e social sem fim à vista Foto Marco Bello/Reuters

As cores inconfundíveis. Agatha Ruiz de la Prada, estilista espanhola, fez da paleta de cores a sua marca. Num retrato da fotojornalista do Expresso Ana Baião aparece como é: intensa, colorida e original Foto Ana Baião/Expresso

Festa da espuma. Em novembro, três mulheres hindus durante um ritual no rio Yamuna, em Nova Deli, aparentemente indiferentes à poluição das águas Foto Adnan Abidi/Reuters

Trânsito condicionado no Bangladesh. Vale a pena olhar para a imagem com atenção para perceber que os veículos não conseguem avançar por causa de milhares de pessoas alinhadas em plena oração no meio da estrada Foto Mohammad Ponir Hossain/Reuters

Amazónia a arder. A fotografia é de 10 de setembro, mas podia ser do fim do mês, ou do início, ou até mesmo de agosto - o pior mês de incêndios desde 2010. A maior floresta tropical do mundo contabilizou milhares de focos de incêndio em 2019 Foto Bruno Kelly/Reuters

Medo do escuro? Jair Bolsonaro durante uma cerimónia em Brasília a 9 de fevereiro, pouco mais de um mês depois de ter assumido a presidência do país Foto Ueslei Marcelino/Reuters

A década em imagens

A 15 de dezembro de 2010, no pico da crise financeira da Grécia, Kostis Hatzidakis, então ex-ministro do partido conservador Nova Democracia, foi agredido com pedras, paus, e insultado e perseguido por manifestantes à saída do parlamento. "Ladrões! Deviam ter vergonha", gritaram-lhe Foto Yannis Behrakis/Reuters

Os intermináveis e irresolúveis protestos em Hong Kong marcaram 2019. A 15 de setembro, os manifestantes cobrem-se do gás lacrimogéneo com chapéus de chuva, junto da sede do Governo Central Foto Jorge Silva/Reuters

O charme e a descontração do casal Michelle e Barack Obama na receção ao presidente Xi Jinping e à primeira-dama Peng Liyuan, da China. Aconteceu a 25 de setembro de 2015, na Casa Branca Foto Mike Theiler/Reuters

Chamaram-lhe o "Grande Terramoto do Japão do Leste" e atingiu grande parte do território nipónico, matando 15 899 pessoas, ferindo 6 157, deixando 2 529 desaparecidas. Nesta fotografia,de 13 de março de 2011, uma mulher chora em Natori, na província de Myagi, perante a destruição e a desesperança de uma natureza implacável Foto Asahi Shimbun/Reuters

À chuva, em Moscovo, Kimpembe e Areola festejam exuberantemente o triunfo da França na final do Mundial de futebol de 2018, diante da Croácia, por 4-2 Foto Michael Dalde/Reuters

Uma história de 853 anos foi engolida num mar de chamas no incêndio da emblemática Catedral de Notre-Dame, em Paris, a 15 de abril de 2019 Foto Benoit Tessier/Reuters

A aparatosa queda de Chris Froome na primeira etapa do Tour de 2018, competição que vencera em 2013, 2015, 2016 e 2017. O britânico acabaria esta Volta à França no terceiro lugar. Aconteceu a 15 de julho de 2018 Foto Benoit Tessier/Reuters

A 16 de outubro de 2011, o carro do australiano Will Power foi projetado no ar após um violento acidente que envolveu 15 monolugares da Fórmula Indy na pista de Las Vegas, provocando a morte ao britânico Dan Wheldon. Power sofreu lesões no pescoço e nas costas, e na cama do hospital confessou que o circuito do Nevada era um "convite ao desastre" Foto Barry Ambrose/Reuters

Civis palestinianos tentam impedir um soldado israelita de deter um jovem rapaz durante protestos contra a ocupação judaica na aldeia de Nabi Saleh, em West Bank, território da Palestina. Em agosto de 2015 Foto Mohamad Torokman/Reuters

O golo mais importante da história do futebol português aconteceu em 2016 na final do Europeu. Éder entrou assim diretamente para a memória coletiva de dois povos - o de Portugal e o francês, que chorou a derrota Foto Michael Regan/Getty Images

Março de 2011. Grupo de rebeldes aponta arma à cabeça de jovem acusado de pertencer às forças leais a Muammar Kadhafi, líder político que viria a ser morto sete meses depois num ataque. Desde essa altura que a Líbia vive uma crise política e humanitária Foto Goran Tomasevic/Reuters

1 de maio de 2011, a fotografia história que mostra o Presidente Obama e o vice-presidente Joe Biden, assim como Hillary Clinton, na companhia da equipa de Segurança Nacional dos Estados Unidos que acompanhava a missão que prendeu e executou o terrorista Osama Bin Laden Foto Pete Souza/Casa Branca

Uma parada militar a 30 de junho de 2014 do movimento radical Estado Islâmico no norte da província de Raqqa, na Síria Foto Stringer/Reuters

A Idade Média no século XXI: palestinianos armados em cima de motos nas estradas de Gaza arrastam o corpo de um homem suspeito de trabalhar para os israelitas. A fotografia é de novembro de 2012 Foto Suhaib Salem/Reuters

Em agosto de 2012, um combatente do Exército Livre da Síria dispara a sua carabina de uma janela, em Aleppo, sob o olhar mais ou menos interessado dos seus camaradas Foto Goran Tomasevic/Reuters

A fotografia foi tirada a 14 de abril de 2017, mas podia ser outro dia qualquer desta década, marcada por inúmeros resgates de migrantes no mediterrâneo. O drama dos refugiados é bem visível nesta imagem desesperada captada a 15 milhas da Líbia, durante a operação de salvamento de migrantes por uma ONG com base na ilha de Malta Foto Darrin Zammit Lupi/Reuters

O desespero no rosto de um homem que foge - com a filha bebé ao colo - de um ataque em Mossul, a terceira maior cidade do Iraque, completamente em ruínas em março de 2017 Foto Goran Tomasevic/Reuters

O beijo principesco entre William, filho de Carlos I de Inglaterra, e Catherine, duquesa de Cambridge, selando o casamento nas varandas do Palácio de Buckingham, em abril de 2011 Foto Dylan Martinez/Reuters

O elástico Gaël Monfils mergulha para uma pancada de direita em queda na quarta ronda do Open da Austrália, a 25 de janeiro de 2016. A competição foi ganha por Novak Djokovic Foto Jason O'Brien/Reuters

O paralímpico Oscar Pistorius a caminhar sem próteses numa sala do tribunal de Pretória (África do Sul, junho de 2016), durante o julgamento em que foi acusado de assassinar a namorada Reeva Steenkamp. O "Blade Runner" cumpre pena por homicídio Foto Siphiwe Sibeko/Reuters

Usain Bolt parece sorrir enquanto olha sobre o ombro para o canadiano Andre de Grasse nas meias-finais dos 100 metros dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. O jamaicano terminou os JO com três medalhas de ouro: 100m, 200m e 4x100 Foto Kai Pfaffenbach/Reuters

Em 2010, o Paquistão sofreu as piores cheias dos últimos 80 anos, com mais de 1 600 vítimas mortais e dezenas de milhões de paquistaneses afetados. Nesta fotografia estão algumas dessas pessoas a tentar segurar um helicóptero militar com mantimentos a bordo. Sobre estas cheias, o na altura secretário geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que era o pior desastre que já tinha visto Foto Adrees Latif/Reuters

Olhos nos olhos, uma jovem manifestante encara um agente da polícia de choque do Chile durante os protestos, em setembro de 2016, que marcaram o aniversário do golpe militar chileno de 1973 Foto Carlos Vera/Reuters

Uma conferência de imprensa da FIFA foi interrompida, a 20 de julho de 2015, em Zurique, na Suíça, quando um comediante britânico atirou um maço de notas para cima de Sepp Blatter, na altura ainda presidente da FIFA Foto Arnd Wiegmann/Reuters

A poética Aurora Boreal acima de uma nuvem de cinzas na erupção do vulcão no impronunciável glaciar Eyjafjallajokull, na Islândia, em 2010 contabilizou milhares de focos de incêndio em 2019 Foto Lucas Jackson/Reuters

Uma família síria atravessa um muro de arame farpado para entrar na Hungria, em agosto de 2015, o ano em que o fluxo migratório atingiu números críticos na Europa Ocidental Foto Bernadett Szabo/Reuters

A luz de Rembrandt ou uma fotografia que mais parece uma pintura. Vários migrantes-fantasma salvos por um barco de resgate da ONG Proactiva Open Arms, no Mediterrâneo, antes da chegada ao porto de Algeciras, no sul de Espanha, em agosto de 2018 Foto Juan Medina/Reuters

Voltar ao início
FotografiaSelecionadas porJoão Carlos Santos TextosJoana Beleza Web DesignTiago Pereira Santos Web DeveloperMaria Romero DireçãoJoão Vieira Pereira